quinta-feira, outubro 07, 2010

18 anos...

... faz hoje o meu filho.
Fui a Lisboa almoçar com ele e voltei para o Algarve para ir trabalhar.
Sobre todos os acontecimentos marcantes da vida de uma pessoa (e aqui é tanto o filho como os pais) ou se diz muito ou não se diz nada. As emoções que me atravessam são tantas e tão boas que vou recolher-me no silêncio.
Desejo-lhe do mais profundo e intenso do meu coração as maiores felicidades e uma vida plena e inteira.

2 comentários:

Méon, disse...

Meu querido amigo:
Partilho a tua emoção!
Tenho um filho com 29 anos que tem sido a minha alegria.
Desejo que o teu jovem seja sempre digno do pai lindo que ele tem.

E mais: parabéns para ele, que conte muitos e bons anos.

Curiosidade: ele faz anos no mesmo dia da minha irmã gémea!


Abraço de muita estima e admiração.
Beijinho especial à Adrianita!

A Manela associa-se a estas palavras, com todo o carinho.

Rui disse...

Obrigado, Méon e Manuela, pela vossas boas palavras!

Na 1ª aula do curso fez-se uma dinâmica de grupo para os alunos se conhecerem. Havia uma pergunta: qual foi o momento mais marcante da tua vida?
Eu respondi:"O nascimento do meu filho, sem dúvida alguma! E não esperem que eu vos diga porquê ou o que é que senti na altura. É que não há palavras, nem imagens, nem metáforas, nem analogias, nem nada que consiga traduzir a maravilha de tudo o que senti."

Desejo também que o teu filho seja feliz e que seja sempre uma fonte de alegrias, para ti e para todos os que gostam dele.

Um abraço afectuoso e agradecido