domingo, setembro 18, 2005

Na praia havia pouca gente: alguns pescadores e apanhadores de amêijoas, duas campistas com as mochilas às costas e alguns homens a passear ou a correr.
Ao andar ao longo da beira-mar aproximo-me de um homem pelas costas, e surpreendo-me ao ouvi-lo a assobiar vigorosamente, apenas com uma interrupção para nos saudarmos. Quando voltei para trás e me cruzei com ele outra vez, ainda estava a assobiar enquanto caminhava decidido.
Há quanto tempo eu não ouvia alguém, enquanto passeia, a assobiar músicas! Que pena, porque é que hoje em dia ninguém assobia (vem nos livros mais antigos: assobiar, assim como cantar, eram hábitos comuns das pessoas)? Hoje de manhã aquele assobio cortava o ruído das ondas com uma alegria que agora, passadas algumas horas, me parece estar ainda a ouvi-lo!

4 comentários:

Lyra disse...

as coisas simples da vida. As mais belas.

Lilly Rose disse...

como se escreve um assobio? qual é a forma onomatopaica do assobio?

Lilly Rose disse...

olha vou perguntar isto às gentes ! pergunta tb,... a não ser que saibas :)

bj

jp disse...

Eu sei asssobiar, e assobio no serviço. É giro quem me olha com surpresa. Mas faz sorrir sabia?