sábado, maio 06, 2006

Corrida Terry Fox

Comecei a corrida com lágrimas nos olhos. Eu sei, é piroso, mas só me lembrava do Terry, de hoje estar um dia lindíssimo, de estarmos tantos (3500) a conviver para uma causa nobre, de haver tantos sorrisos, enfim, de tudo isto se dever, no fundo, a alguém que se esforçou tanto e que já não vive, mas que outros "pegaram" na luz criada por ele e a continuam a manter acesa. E tudo isto comoveu-me para além de toda a amargura.

1 comentário:

Fritz disse...

Aproveito a tua caixa de comentários para divulgar um programa interessante.
http://www.mnarqueologia-ipmuseus.pt/documentos/Programa_Festa%20dos%20Museus%20no%20MNA.pdf

Aparece, primo.