sexta-feira, agosto 12, 2005

Vou mudar de assunto (?)

Estou a ler "O Cemitério dos Barcos Sem Nome", de Arturo Pérez-Reverte, edições ASA:

Uma vez, jogando às cartas, um velho maquinista disse-lhe: "Há sempre um tonto que perde. E se olhares em volta e não vires nenhum, é porque o tonto és tu." (p.278)

2 comentários:

sofia disse...

:)

Lilly Rose disse...

Já li, adorei! Depois (ou antes?) a Rainha do Sul. Navegar é preciso :)