segunda-feira, julho 10, 2006

Separados de fresco / The Break-Up


Pensamos que este filme é uma comédia e, a pouco e pouco, começamos a perceber que se trata realmente de uma história triste.
Quem quiser saber de várias maneiras de como destruir uma relação, encontra aqui algumas ideias.
Eu, que já estou a ficar velho, vivi uma boa quantidade delas.
Por exemplo, fazer o que queremos, mas sem dar hipóteses ao parceiro de também poder fazer alguma coisa que deseje.
Ou pensar que se conquista o amor e a consideração do outro, humilhando-o. Isto é, fazendo-lhe coisas de modo a obrigá-lo a "vir comer à nossa mão".
No fundo, para destruir a relação só há que encará-la como um campo de batalha, como uma luta de vontades (a disfarçar uma luta pelo poder).
Mostramos que temos personalidade e mostramos que somos determinados e teimosos: a mitologia reinante garante-nos o sucesso automático.
Na realidade, ganhamos qualquer coisa.
Não sei é se somos bem sucedidos.
Mas lá que acabamos sós, acabamos.

1 comentário:

Bazuca disse...

é tão dificil resistir a demonstrar a nossa razão!